Foto: Reprodução

Empresas do setor industrial têm desistido de contratar ou renovar seus financiamentos, tanto os de curto e médio prazo, quanto os que vencem em um período mais longo. Mas isso não significa que elas não precisem de financiamento para manter e aumentar sua produção. O que causa esse comportamento é a dificuldade de acessar o crédito, diz a CNI (Confederação Nacional da Indústria).

As informações estão na Sondagem Especial Condições de Acesso ao Crédito, feita pela entidade entre setembro de 2022 e fevereiro de 2023, da qual participaram 2.022 empresários.

Dos que encontraram alguma dificuldade para acessar o crédito de curto ou médio prazo, 71% apontaram as taxas de juros como o principal obstáculo. Para 25%, o que mais atrapalhou foi a exigência de garantias reais, e 16% disseram não ter encontrado linhas adequadas às necessidades de seu negócio.

Além disso, 47% das empresas nem tentaram contratar ou renovar seus financiamentos de curto ou médio prazo, 6% tentaram e não conseguiram, e apenas 28% tiveram sucesso e puderam contratar ou renovar a linha de crédito.

R7