Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recusou o convite para participar da Marcha para Jesus. O evento acontece nesta quinta-feira (8.jun.2023), a partir das 10h, no centro de São Paulo.Em carta endereçada ao apóstolo Estevam Hernandes, Lula agradeceu o convite, mas disse que “infelizmente não será possível participarmos este ano”, sem apresentar uma justificativa.

O petista avisou que enviará 2 representantes: a deputada federal Benedita da Silva (PT -RJ) e o ministro-chefe da AGU (Advocacia Geral da União), Jorge Messias.

No documento, também mencionou ser um de seus “maiores orgulhos” ter sancionado, em 2009, a lei que institui o Dia Nacional da Marcha para Jesus. Lula concluiu a carta afirmando seu “compromisso de garantir, para sempre, o pleno direito de cada pessoa desse país seguir professando sua fé”.

Poder360