30/05/2023 20h50

Foto: reprodução

Em entrevista coletiva ao fim da cúpula da América do Sul, nesta terça-feira (30/5), Lula voltou a falar na “criação de narrativa” contra Chávez, Maduro e a ditadura na Venezuela.De acordo com o presidente, desde que o militar Hugo Chávez tomou posse da Venezuela, “foi construída uma narrativa em que determina que o cara é um demônio”. Em seguida, ele se compara dizendo que a mesma perseguição que aconteceu com Chávez, aconteceu com ele.

“Foi assim que aconteceu com Chávez, foi assim que aconteceu comigo. A narrativa construída nos meus processos, as mentiras, a quantidade de horas de televisão que eu tive contra mim de rádio e de jornal. Uma narrativa vendendo uma mentira que depois ninguém conseguiu provar, disse Lula.

Metrópoles