Foto: Reprodução

Maurício de Sousa, de 86 anos, está afastado das pranchetas para supervisionar o trabalho de 400 artistas que emprega em sua empresa, a Mauricio de Sousa Produções. Porém, revelou um desejo: criar um personagem gay para a Turma da Mônica.Em 2009, o estúdio criou Caio, amigo de Tina, que em um dos gibis indicava outro rapaz ao dizer que era comprometido. Mesmo sem se intitular gay ou bissexual, o personagem recebeu muitas críticas, o que fez Maurício pensar que ainda era cedo para ter um personagem gay na saga.

“A homossexualidade é um tema que a gente está discutindo faz tempo e aguardando o que vai acontecer socialmente para que possamos ter personagens gays. Está chegando o momento.”, revelou o cartunista à Folha de São Paulo.

No final de 2021, em uma entrevista a BBC News Brasil, Maurício já havia falado sobre a possibilidade da criação de um personagem homossexual. “Estamos discutindo com os roteiristas, com o pessoal próximo da gente para que haja um personagem positivo. Em todos os sentidos”.

Mauro Sousa, filho do cartunista, é gay e o pai conta ter recebido a notícia com tranquilidade e de forma natural. “Ele se abriu comigo. E nos entendemos muito bem, sempre. Com meus filhos eu me entendo sempre muito bem. Esse caso foi meio diferente mas também foi uma experiência muito interessante e agradável, porque é a porta da vida e da felicidade. Realização também”, disse ele ao contar como foi o momento da conversa com o filho.

Mauricio destacou a importância de Mauro na Mauricio de Sousa Produções e disse que o filho “dá um nó no pessoal que já tem mais idade e mais experiência”.

Metrópoles