Por 6 votos a favor e 1 contra, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) absolveu, nesta terça-feira (17), a prefeita de Serra de São Bento, Wanessa Morais, e o vice Eduardo Melo afastando condenação por compra de votos e abuso de poder econômico/político que implicava na cassação dos mandatos e na inelegibilidade dos mesmos.A Corte Eleitoral entendeu que as gravações ambientais que instruíam a ação eram ilícitas e que isso contaminava e fragilizava os depoimentos utilizados pelo juiz de primeira instância.

Com isso, não existia no processo prova robusta a justificar a procedência da ação e a cassação dos mandatos. A defesa foi do advogado Cristiano Barros.