Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil – Ilustração

Quatro milhões e meio de brasileiros têm só mais três dias para acertar as contas com a Receita Federal. O prazo para entrega da declaração do imposto de renda termina na terça-feira (31).Mesmo com o mês extra que os contribuintes ganharam para entregar a declaração, muita gente deixou para fazer isso na última hora. Mais de 4 milhões e 500 mil declarações ainda não tinham sido enviadas até o meio da tarde deste sábado (28), de acordo com a Receita Federal..

Tem que fazer a declaração quem recebeu, no ano passado, valores tributáveis acima R$ 28.559,70. Isso vale inclusive para quem recebeu auxílio emergencial – se o valor do benefício, somado a outras rendas, ultrapassar o limite de R$ 28 mil.

O contribuinte que for fazer a declaração completa poderá deduzir pensões, previdência privada, doações e gastos com educação e saúde. Quem precisou pagar para fazer testes de Covid, em laboratórios, no ano passado, poderá lançar esses valores na declaração.

O prazo termina na terça-feira, dia 31, e, segundo a Receita, não vai mais ser prorrogado. É bom lembrar que quem atrasar o envio da declaração vai pagar multa – que começa em R$ 165 e pode chegar a 20% do valor devido.

Neste ano, o contribuinte tem uma facilidade: ele poderá pagar ou mesmo receber a restituição do imposto via PIX. Mas, para isso, a chave tem de ser o número do próprio CPF.

g1