O Governo Federal, preocupado em promover a recuperação da aprendizagem de estudantes, vai investir 1,2 bilhão no Programa Educa Mais Norte e Nordeste?O programa vai amenizar os impactos provocados pela pandemia nas escolas do Ensino Fundamental das regiões Norte e Nordeste do País, além de acelerar e recuperar a aprendizagem desses alunos.

O programa não visa, apenas, transferir mais recursos para essas duas regiões. Vai também fomentar e melhorar a capacidade daqueles municípios que têm mais dificuldade e que, muitas vezes, não conseguem acessar as políticas existentes. Além de auxiliar no enfrentamento à evasão e ao abandono escolar.

Outras ações do programa, que tem como foco as escolas públicas de ensino fundamental, estão voltadas ao uso de novas tecnologias e ao fortalecimento da gestão educacional.

O Educa Mais Norte e Nordeste está previsto para ser implementado durante o período de 2022 a 2026 e abrangerá 18,6 milhões de estudantes e 794,6 mil professores. Ao todo, nas regiões Norte e Nordeste, existem quase 83 mil escolas espalhadas por 2.243 municípios dos 16 estados.(RP)