Fotos: Reprodução

A pré-candidatura de Fábio Dantas(Solidariedade) ao Governo do Estado se configura como principal instrumento de combate ao modelo de gestão adotado pelo PT no Rio Grande do Norte. Sem presença significativa nos municípios a administração da governadora Fátima Bezerra pavimenta o crescimento da oposição no interior.



Depois de largar com apoios significativos no Agreste, Potengi, Natal e Grande Natal, o projeto político que rejeita a gestão Fátima Bezerra soma em Mossoró com o prefeito Allyson Bezerra, (Solidariedade) e os vereadores Naldo Feitosa, Lucas das Malhas, Ricardo de Dodoca, Raério Cabeção, o pré-candidato a deputado federal Lawrence Amorim e o pré-candidato a deputado estadual, Jadson Raiure.



Durante calorosa recepção em Upanema, município que tem o terceiro maior reservatório de água do Rio Grande do Norte, com capacidade para 292.813.650,00 m³, Fábio Dantas ouviu o clamor dos moradores do lugar, que sofrem com a falta do precioso líquido nas torneiras. De acordo com Fábio Dantas “o Governo do Estado tem guardado nos cofres da Caern mais de R$ 100 milhões, dinheiro que poderia ser utilizado para levar água às casas de Upanema” .



De acordo com a agenda do grupo político que combate o modelo de gestão da governadora Fátima Bezerra, liderado pelo pré-candidato a governador Fábio Dantas, a comitiva oposicionista tem encontro marcado nesta sexta-feira(29) nas cidades de Caiçara do Rio dos Ventos e Riachuelo, onde vai ouvir e apresentar ideais para um Rio Grande do Norte melhor para todos.(Blog de Daltro)