Com o intento de concorrer a uma das cadeiras da câmara federal pelo Rio Grande do Norte, o Major PM Brilhante Filho, solicitou no dia de ontem, dispensa do cargo de comandante da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Apodi.O policial continuará nas fileiras da corporação durante exercendo apenas serviços burocráticos, até o mês de agosto, quando desliga-se para dedicar-se ao pleito eleitoral.

Muito conhecido no estado e até em unidade federativas vizinhas, Major Brilhante recebeu inúmeras propostas para ingressar em siglas partidárias diversas, mas, mantém-se sem tornar público para que partido irá.

Por ser policial, tem a prerrogativa de somente filiar-se após, com fulcro na Constituição Federal e seu Artigo 14 da Constituição Federal de 1988, que flexibiliza as condições de elegibilidade é a filiação partidária desta classe.

Brilhante Filho é apontado como um dos fortes concorrentes, por meio de pesquisas que foram e estão sendo realizadas no estado. inclusive, chegou a ocupar a liderança na corrida pelo parlamento federal, pertinente as vagas do estado potiguar.

RNPOLÍTICAEMDIA