Nesta quarta-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro (PL), disse que, caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja eleito, está “na cara” que ele irá colocar ministros “abortistas” no Supremo Tribunal Federal (STF). A declaração foi feita durante entrevista ao canal Linha de Frente, da afiliada do SBT na Bahia.

“Quando se fala em aborto, o Lula defende o aborto. Vamos supor que o Lula consiga aprovar o aborto dentro do Parlamento — eu acho difícil. Por que não consegue? Ele vai aprovar o aborto dentro do Supremo Tribunal Federal. Está na cara que vai botar abortistas lá também. Então, o aborto será aprovado no Brasil, se o Lula voltar, pelo STF, a exemplo de como foi aprovado o aborto na Colômbia”, disse o presidente.

Bolsonaro disse que o assunto não deve ser discutido e que a declaração de Lula foi “lamentável”, em um país em que 90% da população é católica. “A grande maioria é contra o aborto”, disse o mandatário.