capa

O médico Wilson Edino de Freitas Jales, de 49 anos, será julgado pelo Tribunal do Juri Popular de Mossoró, nesta terlça feira 8 de março de 2022. Ele acusado de matar a aposentada Francisca Alves da Silva Oliveira, 68 anos e tentar matar o marido dela, Raimundo Nonato de Oliveira, 71 anos, crimes ocorridos no dia 9 de janeiro de 2019, no município de Patuna região Oeste Potiguar.

Segundo consta na denúncia do Ministério Público, o casal de idosos caminhava no acostamento da RN 078, entre Patu e Olho D’Água do Borges, quando um carro se aproximou e um dos ocupantes, que seria o médico, sem mais nem menos, atirou contra os dois. Francisca foi alvejada na cabeça e morreu na hora. Já o marido dela conseguiu fugir pelo mato e escapar da morte.

Além do médico Wilson Jales, outras quatro pessoas estavam no carro: Leonardo Rodrigues do NascimentoJúlio Ricardo Neto e Israel Franco de Oliveira. Todos foram indiciados por homicídio e tentativa de homicídio. O processo foi desaforado da Comarca de Umarizal, para a Comarca de Mossoró.

No julgamento desta terça feira, além do médico Wilson Edino de Freitas Jales, também sentará no Banco dos Réus, Leonardo Rodrigues do Nascimento. Os interesses dos réus serão defendidos pelos advogados, Olavo Hamilton Ayres e Leandro Dantas de Queiroz. Na acusação estarão atuando os promotores de justiça, Vinicius Lins Leão e Augusto Carlos Rocha de Lima.

Fonte: Fim da Linha.