Um processo relacionado e bastante delicado, tramita tanto na justiça Federal como na Estadual,  e envolve o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta, denunciado por lavagem de dinheiro e corrupção no Idema que teve desdobramento na Operação Candeeiro, deflagrada em 2015.  O parlamentar, não conseguiu se reeleger em 2018. 

Ele é pai do deputado federal Rafael Motta que deseja ser o candidato a Senador na chapa de Fátima Bezerra.

Fonte: Blogue RP