A disseminação da variante Ômicron da Covid-19 no Brasil levou o PDT a adiar o lançamento da pré-candidatura do ex-ministro Ciro Gomes à Presidência da República.A ideia do partido era lançar o pedetista ao Palácio do Planalto durante a convenção nacional da sigla em 21 de janeiro, mas o avanço da Ômicron fez a sigla adiar o lançamento, ainda sem nova data definida.

Embora tenha adiado o lançamento da pré-candidatura de Ciro, o PDT decidiu manter a convenção. O evento, porém, acontecerá de forma exclusivamente virtual.

Segundo o deputado federal André Figueiredo(PDT-CE), a expectativa é lançar a candidatura de Ciro assim que a pandemia voltar a arrefecer. A esperança dos pedetistas é que isso aconteça até meados de março.

“Foi uma decisão praticamente por unanimidade dentro do partido. Seria irresponsável fazer um lançamento destes agora. A data vai ficar dependente da volta ao mínimo de normalidade”, afirmou Figueiredo à coluna. RP