Foto: Reprodução

Paulo Vieira foi o ponto alto do Melhores do Ano, exibido pela Globo dentro do Domingão com Huck de hoje (2). A participação do ator e comediante, escalado para auxiliar Luciano Huck na condução do prêmio, rendeu comentários na web. Paulo brincou com a onda de demissões na emissora e a desistência do titular do ‘Domingão’ da corrida eleitoral.

“Todo mundo que está aqui trabalhou muito neste ano, não tanto quanto o RH da Globo, mas trabalhou muito. Achei até que, em determinado momento, tinham contratado o Thanos no RH, e ele estalou o dedo e metade do elenco sumiu”, brincou Vieira, aludindo ao vilão dos filmes Vingadores – Guerra Infinita (2018) e Vingadores – Ultimato (2019).

Na mesma passagem, ele citou a saída de Tiago Leifert do canal e alfinetou o Ministro da Economia do governo Jair Bolsonaro. “Abriu 16 vagas de apresentador na Globo. Quer dizer: o Tiago Leifert sozinho criou mais emprego que o Paulo Guedes”.

Antes, Paulo Vieira também mencionou um dos maiores fracassos do ano, o Zig Zag Arena, de Fernanda Gentil, em papo com Maju Coutinho. “É regra na Globo: não pode brincar com jornalista. Acho que é uma coisa que vocês inventaram pra não ter que fazer ‘Zig Zag Arena’, não é, não?”.

A interação com Luciano Huck causou comentários sobre a próxima corrida presidencial, da qual o titular do ‘Domingão’ bateu em retirada quando atendeu ao convite da Globo para substituir Fausto Silva. “Engraçado que prêmio de melhor apresentador ele não bota. É a segunda eleição que ele foge esse ano”, disparou, arrancando risos do parceiro.

Paulo concluiu sua participação com um “game” sobre a programação da Globo, destacando excessos como “os 14 apresentadores do ‘É de Casa’” e “o nome de todos os ‘The Voice’, tem 15”. “‘Salve-se Quem Puder’ é o nome de uma novela ou uma retrospectiva do último governo?”, concluiu, arrancando risos dos convidados do evento.

Terra