O Ministério da Saúde voltou a sofrer, nesta segunda-feira (13) um novo ataque hacker. Desta vez foram afetados os sistemas internos como intranet, e-mail corporativo e a rede de telefonia, que ficaram fora do ar.Os servidores da pasta sofreram bloqueio total. Por causa do episódio, os funcionários não tiveram acesso ao sistema de atualização de acompanhamento da Covid-19 no país.

Sem sistema, eles foram dispensados e liberados para retornarem para casa. O site da pasta continuou no ar, mas sem possibilidade de atualização.

A suspeita é que houve tentativa de ataque de ransomware, quando hackers roubam os dados do usuário ou da empresa e pedem pagamento para devolução.

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que a equipe de tecnologia da pasta está reativando alguns sistemas gradativamente, e em segurança. RP