Arrombar fechadura e romper o cadeado, para roubar uma residência, portando uma arma de fogo, não pode ser considerado uma tentativa de roubo circunstanciado. Parece absurdo, mas foi o que a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu.

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros