Arquitetado nos porões corruptos do Partido dos Trabalhadores (PT), um projeto político com a finalidade de destruir a imagem do ex-Senador Garibaldi Filho e do seu filho deputado federal Walter Alves, em relação às eleições de 2022, que contou com a participação direta do ex-presidiário Lula da Silva, símbolo maior da corrupção no Brasil, que manipulou um encontro com os líderes emedebistas, prometendo abrir espaços para o MDB se aliar a legenda Petista no RN.

O encontro foi realizado na surdina entre Luladrão com Garibaldi e Walter Alves, cujo teor da conversa não foi revelada, mas a armadilha funcionou perfeitamente, pois logo em seguida Fátima Boku’s Bezerra, liberou fotos da reunião na mídia comunista, com o objetivo de demonstrar a rendição dos Alves ao seu projeto de reeleição.

Concluído o plano político criminoso contra Garibaldi Filho e Walter Alves, o PT escalou a tresloucada deputada federal Natália Bonavides, como porta voz do Partido, declarando que a legenda não aceitava qualquer união com os Alves para o pleito eleitoral do próximo ano.

Os “Bacuraus Raiz” ficaram revoltados com esse encontro. Via: Blogue RP

Blogue Claudio Oliveira: O MDB, tem que ter muito cuidado com esse outro "acordão". A população não tá muito satisfeita com o governo de Fátima no RN, imagine em grande políticos se aliar ao governo petista que é reconhecido como um partido acusado pela Justiça por desviar dinheiro público.