Pessoas ao redor de corpos de vítimas de um raio na cidade de Shibganj, em Bangladesh, em 4 de agosto de 2021 — Foto: Md Jahangir Alom/AP

Todos os anos, centenas de pessoas em todo o sul da Ásia são mortas por raio e, recentemente, 17 pessoas de uma vez entraram para a estatística.Eles eram convidados de uma festa de casamento em Bangladesh e estavam em um barco, em direção a uma festa na casa da noiva, quando foram atingidos – outros 14 passageiros, incluindo o noivo, ficaram feridos.

A noiva não estava presente na embarcação, logo, não foi atingida

De acordo com testemunhas que moram perto do local, vários raios atingiram o grupo. O que explicaria a quantidade e a recorrência do fenômeno no local, segundo especialistas, seria o desmatamento na região, fazendo com que as florestas percam árvores que antes funcionavam como para-raios.

Apesar de assustador, o número de 17 mortes por raio não é o mais impressionante do país. Em 2016 o governo do país declarou as quedas de raios “desastre natural”, quando 200 pessoas morreram no mês de maio, sendo 82 pessoas em um único dia.

Hypeness