O Ministério da Saúde lançou, nesta terça-feira (31), uma nova mascote, “Rarinha”, para ações sobre doenças raras no Brasil.




Ela foi criada com o símbolo do teste do pezinho e terá a missão de disseminar informações sobre as cerca de 8 mil doenças raras.

No Brasil, 6 delas são diagnosticadas pelo teste do pezinho oferecido no SUS – número que será ampliado em 2022. Participaram do lançamento o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, e o secretário-executivo do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Mauro Junqueira.

“Precisamos de uma política pública que possa atender com sustentabilidade as pessoas raras. Em um país grande como o Brasil, precisamos nos empenhar na pesquisa para cuidar destas pessoas”, disse o ministro durante a solenidade.

Fonte: Blog da GL

Foto: Reprodução