A Defesa Civil do Haiti confirmou que subiu para 227 o número de mortes causadas pelo terremoto que atingiu o país neste sábado (14). Os números iniciais apontavam para 29 mortos.O tremor de magnitude 7,2 sacudiu o país por volta das 8h30 (9h30 no horário de Brasília), a 12 km da cidade de São Luís do Sul, localizada a 160 km da capital haitiana, Porto Príncipe, segundo dados do Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS).

O terremoto chegou a ser sentido também na República Dominicana e em Cuba, tendo uma réplica com magnitude de 5,2 graus, a 17 quilômetros da localidade de Chantal.

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, classificou a situação do país como “dramática” e declarou estado de emergência. Em uma mensagem publicada no Twitter, o premiê clamou pelo “espírito de solidariedade e compromisso de todos os haitianos”, para enfrentar “esta situação dramática que vivemos atualmente”.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, autorizou uma “resposta americana imediata” para ajudar o Haiti após ser informado sobre o terremoto. Ele também nomeou a diretora da Agência dos EUA para o desenvolvimento (Usaid), Samantha Power, como alta executiva para coordenar esse esforço.

R7