Foto: Reproduçãp

Xuxa Meneghel registrou uma denúncia contra o vereador Anderson Campos (Republicanos), de Nilópolis, Rio de Janeiro, após ser chamada no Twitter de “assediadora de crianças”. Campos afirmou isso em um post de defesa ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nas redes sociais.“Que moral que uma assediadora de menores como a Xuxa, um desvirtuador de bons costumes como o Felipe Neto e um usuário de drogas como o Casagrande têm para pedir o impeachment do presidente Jair Messias Bolsonaro?”, disse o parlamentar sobre as personalidades.

A apresentadora pediu que a Justiça condenasse o vereador por calúnia, difamação e injúria. Ela também afirmou que não deseja participar de uma audiência de conciliação com Anderson. O caso segue em andamento no cartório da 1ª Vara Criminal da Comarca de Nilópolis.

Xuxa e outros famosos assinaram, em maio, um pedido de impeachment do Bolsonaro da presidência. O documento foi protocolado pelo Movimento Vidas Brasileiras na Câmara dos Deputados.

Na época do ocorrido, a apresentadora chegou a usar as redes sociais para declarar seu posicionamento político a favor da saída presidente do cargo.

A justificativa do vereador para o comentário nas redes sociais foi que Xuxa teria sido assediadora de menores quando participou do filme Amor Estranho Amor, ao lado de um menor de idade, em 1982.

No film, Xuxa interpretava uma garota de 15 anos que foi vendida para um prostíbulo. Na época, ela tinha 18 anos de idade. Em uma cena, a apresentadora tem relação sexual com um menino de 12 anos, interpretado por Marcelo Ribeiro.

“O fato que narrei a respeito da vida dela é público: ela fez um filme erótico com um menor de idade. A partir do momento que ela pediu o impeachment do presidente Bolsonaro, o qual eu defendo e com o qual eu represento no município, me achei no direito de mostrar o nível de imoralidade que a cercou no passado, dizendo que ela não tem moral nenhuma para poder pedir o impeachment”, disse o vereador, que ainda afirmou que tem imunidade parlamentar.

A apresentadora já chegou a se defender de acusações anteriores dizendo que não transou com o garoto, que foi apenas ficção. “As pessoas levantam essa bandeira: ‘Ah você transou com um garoto de 12 anos num filme’. Eu não transei, aquilo é ficção”, afirmou.

Claudia.com