24/07/2021 07h12


Diante da agenda que a governadora Fátima Bezerra deve cumprir na região do Alto Oeste a partir desta sexta-feira (23), o vereador do município de São Miguel, Alan Campos, é taxativo: vem atirar com a pólvora alheia. O vereador do PSD micaelense afirma que a governadora vai inaugurar obras e serviços que não foram feitos por ela e, sim, por gestões passadas. Exemplo disso, segundo ele, é a Central do Cidadão de São Miguel, obra orçada em R$ 2.3 milhões.“Essa obra é uma luta do deputado estadual Galeno Torquato desde 2015. É dele a busca por recursos e a autoria do requerimento que solicita a construção, iniciado pelo governador Robinson Faria. Lembrando ainda que o terreno para a instalação da Central foi cedido pela Prefeitura durante a gestão de José Gaudêncio Torquato”, afirma o vereador Alan Campos.

O vereador destaca ainda o Centro de Treinamento da Emater, equipamento que já esteve em funcionamento, mas que hoje está em estado de abandono. “Essa foi mais uma obra que contou com a iniciativa do deputado Galeno e do ex-governador Robinson, mas que hoje está abandonada. A impressão que fica é que a governadora gosta de atirar com a pólvora alheia e receber o mérito de coisas que não fez”, avalia o vereador.  Do BG