Foto: Divulgação/ PMDF

O procurador da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) Henrique Celso Gonçalves teve a prisão em flagrante convertida em preventiva nesta segunda-feira (26/7). O servidor público brigou com o cunhado na noite de sábado (24/7) e, após agressões, buscou uma arma que ficava guardada na residência e atirou cerca de quatro vezes contra o familiar. No entanto, um dos disparos atingiu o braço da própria mãe de Henrique.MAIS >