A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou, neste domingo (25/7), que, dos dois desafetos de que suspeita de envolvimento no episódio, um é parlamentar. Ela não quis citar nomes, mas disse que “grande parte dos desafetos é do governo Bolsonaro atualmente”.“Um deles tem acesso muito fácil ao prédio, e o outro a qualquer lugar que ele queira. Um deles fez ameaça, inclusive públicas, e o outro é um desafeto que já me mandou recados pesados, e recentemente eu dei uma entrevista fazendo críticas muito duras a essa pessoa”, disse em coletiva de imprensa ao lado do marido, Daniel França, no seu apartamento funcional, em Brasília.MAIS >