O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar nesta quarta-feira (30) a CPI da Covid do Senado Federal, que avança sobre as denúncias de corrupção envolvendo o Ministério da Saúde em meio à pandemia de covid-19.“Satisfação em ter ao nosso lado pessoas comprometidas realmente com o futuro de sua pátria. Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou com CPI, integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui”, afirmou Bolsonaro.

“Só tenho paz e tranquilidade porque sei, que além do povo, eu tenho as Forças Armadas comprometidas com a democracia e com nossa a liberdade”, acrescentou.

A afirmação foi feita pelo chefe do Executivo durante cerimônia de ampliação da rede de radares de vigilância do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro, em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

“Pode ter certeza que temos uma missão pela frente e vamos cumpri-la da melhor maneira possível, tendo, além do Poder Executivo, obviamente, os nossos amigos do Poder Legislativo, que tem nos dado um grande apoio em todas as propostas que temos apresentado pelo bem do nosso Brasil”, disse.

R7