Foto: Reprodução/Instagram

O médico Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, usou as redes sociais neste domingo (23/5) para manifestar indignação com o boato de que estaria “conhecendo melhor” uma pessoa, menos de um mês após perder o marido para a Covid-19.“Eu fico impressionado como as pessoas são oportunistas e maldosas! Não respeitam nada nem ninguém! Um luto que o Brasil inteiro está sentindo não merece ser alvo de fake news, muito menos eu, que estou sofrendo muito com a partida do amor da minha vida”, escreveu.

Thales disse que tomará “providências cabíveis” contra “jornalistas irresponsáveis, que não deveriam nem ter essa profissão, e seus veículos”. A publicação ao qual Thales se refere foi publicada pela coluna Em Off, do IG. “Inventar aspas, relatos de pessoas e histórias descabidas é crime. Espero que tenhamos Justiça nesse país, já que dignidade não há. Nem vacina”, desabafou.

Paulo Gustavo morreu no último dia 4, aos 42 anos, após quase 2 meses internado por complicações da Covid-19. Ele deixou o marido e os dois filhos do casal, Gael e Romeu.