“-As transportadoras não querem mais mandar buscar nosso produto (sal), isso tá ficando muito complicado pois daqui a pouco teremos que fechar as portas se nada for feito.” esse foi o relato de um empresário do ramo salineiro falando da dificuldade que está sendo para o setor escoar o sal.
‘Estradas’, esse é um tema recorrente das nossas postagens, persistimos nesse assunto já que o problema não foi resolvido.

Todo mundo sabe que Porto do Mangue vive seu pior momento de abandono pelo governo estadual, apesar de a eleição de 2022 se aproximar, os políticos principalmente os da esfera estadual que são os que disputarão, seguem fechando os olhos para os problemas da nossa região.

Nossa redação foi informada que não só a população, é a que mais reclama da péssima situação das estradas, mas, agora setores da classe empregadora, os empresários do sal por exemplo, já estão com grande dificuldade manter suas empresas funcionando, justamente porque o transporte do sal está comprometido, consequência do caos nas estradas que ligam Porto do Mangue ao mundo.

“-As transportadoras não querem mais mandar buscar nosso produto (sal), isso tá ficando muito complicado pois daqui a pouco teremos que fechar as portas se nada for feito.” esse foi o relato de um empresário do ramo salineiro falando da dificuldade que está sendo para o setor escoar o sal.

Se elencamos aqui todas as tentativas que a Prefeitura de Porto do Mangue junto com a Câmara de Vereadores fizeram para chamar a responsabilidade da governadora Fátima Bezerra (PT) para o grave problema de acesso a Porto do Mangue, perceberemos quem em todas elas o silêncio de Fátima Bezerra foi e tem sido sepulcral.

Na esfera estadual (deputados estaduais) só conversa fiada, se parte para os federais, a coisa fica bem pior, senadores, nem se fala; alias, na ultima live promovida pelo senador Jean Paul (PT), a promessa foi de que ele iria cobrar a retirada das dunas que cobrem o trecho da RN 404 que liga Porto do Mangue a Areia Branca; em uma visita da deputada federal Natalia Bonavides (PT), prometeu, mas também até o momento só areia na cara da nossa gente.

Até quando? -É essa a pergunta.

Os problemas passaram a ser generalizados, temos dificuldade de acesso a cidade de Pendências, consequentemente a Macau; o acesso a Carnaubais e Assú tem se tornado a cada dia caótico; Porto do Mangue à Areia Branca, nem se fala, não existe mais asfalto, não existe mais estrada, apenas um desvio de estrada carroçável ou para os mais aventureiros, o caminho é pela praia.

2022 é logo ali e será que Fátima vai mandar seus emissários pedir o voto dos portomanguenses?

Será que nosso povo vai cair no ‘golpe’ novamente?

Não! -Essa deve ser a resposta para todos esses que se quer se comprometeram e lutar por nossas causas.

Agora, um problema maior poderá surgir. Imagine se as salinas que estão em Porto do Mangue voltar a fechar suas portas, o que será dos pais de famílias, o que será do nosso comercio local, o que será dos prestadores de serviços e fornecedores?

O prefeito de Porto do Mangue, Sael Melo (MDB), precisa urgentemente criar uma frente integrada por vereadores e empresários para cobrar com mais veemência, ações mais enérgicas do políticos do nosso estado. Chega de medidas paliativas, de tapa buraco.

Precisamos de asfalto novo, de estrada nova.
Porto do Mangue-Carnaubais
Porto do Mangue-Pendências
Porto do Mangue-Areia Branca

Fonte da Notícia:  oportomanguense.