Um homem ainda não identificado resolveu fazer um protesto um tanto fedorento. Ele pendurou um saco com fezes na porta da Câmara Municipal de Mossoró na manhã desta quinta-feira (18).
Funcionários da casa que abriram o local para os trabalhos legislativos, se depararam com o "bosta" pendurado na maçaneta da porta principal, onde os vereadores e assessores entram.
Um outro saco de fezes também havia sido colocado na porta da Câmara na última segunda-feira (15). A ação foi presenciada pelo vereador Wignis do Gás (Podemos), que afirma que o autor desse protesto teria sido um paciente colostomizado. Ele estaria reclamando das bolsas que são distribuídas pelo Governo do Estado, por meio da Secretária de Saúde (Sesap).
Segundo Wignis, o manifestante. de aproximadamente 35 anos, saiu, do carro, jogou a bolsa com fezes e urina na porta principal da casa legislativa, e em seguida ficou reclamando das bolsas que são distribuídas pelo Governo.
Servidores da Câmara tiveram que higienizar o local para os trabalhos dos assessores e vereadores. A identidade do paciente ainda não foi divulgada.
O que é pessoa colostomizada?
É aquela que precisou passar por uma intervenção cirúrgica para fazer no corpo uma abertura ou caminho alternativo de comunicação com o meio exterior, para a saída de fezes ou urina, assim como auxiliar na respiração ou na alimentação.

Ismael Souza