Ronaldinho e o desconhecidos foram socorridos

A cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte, viveu um fim de semana violento, onde ao menos cinco pessoas foram baleadas, em ocorrências e locais distintos e três delas não resistiram e tiveram mortes instantâneas. Os crimes tiveram início no final da manhã de sábado 05 de dezembro, quando a pessoa identificada como Leonardo Barbosa Rodrigues, 24 anos, natural de Russas no estado do Ceará foi executado com vários tiros dentro de sua residência, localizada na Rua Atirador Miguel Antônio da Silveira Neto no Bairro Aeroporto.

Na tarde do sábado, a Polícia registrou uma tentativa de homicídio no Conjunto Abolição II. Ronaldo Martins Alves conhecido como "Ronaldinho" foi baleado e caiu dentro do Supermercado Cidade . Segundo a PM a vítima trafegava de moto, quando foi atacada pelos atiradores que estavam em um carro branco. Ronaldinho como é mais conhecido, tem passagem pela polícia e já sofreu outros atentados. Ele foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Tarcísio Maia.

No início da noite ainda do sábado, Francisco Alisson Miranda Florêncio, de 26 anos de idade, foi morto em via publica com mais de 20 tiros de pistolas calibres ponto 40 e 380. O crime aconteceu na Rua Seis de Janeiro, em frente ao campo de futebol, o Peixeirão no Bairro Santo Antônio. A vítima chegava no campo para bater um racha, quando foi assassinado.

Outra ocorrência de disparos de arma de fogo aconteceu minutos depois do assassinato na Seis de janeiro. Um homem não identificado foi baleado após tentar praticar um assalto e um popular reagiu, na Avenida Rio Branco, no conhecido Ferro de Engomar no Bairro santo Antônio. O suposto assaltante foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para o Hospital Tarcísio Maia. No local, a PM recolheu uma moto Pop vermelha que estava com o suspeito e a encaminhou para a DP de Plantão.

No final da noite também do sábado, cerca de oito criminosos, invadiram uma casa no Conjunto Odete Rosado e executaram o morador identificado como Jackson Ferreira dos Santos, 26 anos de idade, que trabalhava como auxiliar de padaria. A vítima foi atingida com tiros de escopeta calibre 12 e pistola 380. A Polícia Civil, busca informações a respeito das motivações dos crimes.Leonardo, Francisco Alisson e Jackson foram mortos a tiros

Fim da Linha.