Foto: reprodução

Reportagem da Tribuna do Norte destaca que no primeiro semestre deste ano, a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sesed) registrou 472 roubos a estabelecimentos comerciais — dentre eles, contra farmácias — no Estado, segundo dados enviados ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Comparado com o primeiro semestre de 2019 (260 registros), houve um crescimento de 81,5% de assaltos contra os estabelecimentos comerciais e de 97,9% contra transeuntes (de 3,2 mil para 6,4 mil).Entretanto, o aumento não é restrito ao período da pandemia. Entre 2018 e 2019, os crimes contra estabelecimentos comerciais também aumentaram no Rio Grande do Norte, assim como os assaltos a transeuntes (pessoas no espaço público) e às residências. O maior aumento foi o crime contra residências, de 538 registros em 2018 para 1.001 no ano passado. Em contrapartida, os roubos e furtos contra veículos diminuíram 17,2%, de 8.025 em 2018 para 6.928 em 2019. Leia a matéria completa na Tribuna do Norte.