O desfecho de turno para o Flamengo não poderia ser mais decepcionante. Parece uma loucura escrever isso a respeito de um time que ainda divide o topo da tabela com o Internacional, empatado com os mesmos 35 pontos dos gaúchos. Mas é que o Flamengo, que só venceu uma das últimas quatro partidas que fez pelo Brasileirão, mais uma vez desperdiçou a oportunidade de assumir a liderança isolada da Série A.

Contra o São Paulo, o placar de 4 a 1 no Maracanã expõe as dificuldades defensivas, especialmente pela atuação de Gustavo Henrique, e uma pontual incompetência ofensiva. Quem perde dois pênaltis, como fez o rubro-negro neste domingo, não pode reclamar de falta de sorte. Por outro lado, mérito para o goleiro Tiago Volpi, que defendeu as cobranças de Bruno Henrique e Pedro. Mais do que isso: o São Paulo soube explorar os pontos fracos do Fla. O time de Fernando Diniz foi muito organizado e eficiente com as chances. Levou os pontos para casa de forma indiscutível.