O Ministério Público do Rio Grande do Norte moveu ação de improbidade administrativa contra Maria Nina Salustino de Faria, mãe de Fábio Faria, a quem acusa de ter sido funcionária fantasma na prefeitura de Parnamirim (RN) de 2009 a 2016.Ao longo desse período, ela recebeu R$ 153 mil em salários —a Promotoria cobra a devolução dos valores, mais multa de R$ 460 mil. Maria Nina foi casada com Robinson Faria, ex-governador do estado e pai de Fábio.

Fonte: O Antagonista