Ministro das Comunicações, Fábio Faria – Foto: Cléverson Oliveira / MC

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, criticou nesta quarta-feira (9) os servidores dos Correios por manterem, em plena pandemia do novo coronavírus, uma greve que já dura mais de três semanas. A paralisação coincide com o momento em que, por causa do isolamento social, tem crescido a procura por serviços postais.Segundo Fábio, o protesto é legítimo, mas acontece no momento errado. “Os Correios oferecem um serviço essencial aos brasileiros, que chega a cada município. É legítimo os servidores reivindicarem, mas greve em plena pandemia é totalmente inadequado”, afirmou o ministro potiguar, em publicação no Twitter.

De acordo com as entidades que representam os servidores, cerca de 70% da categoria está parada. Eles cobram a manutenção de um acordo coletivo que foi firmado em 2019 com a empresa, que foi suspenso em razão da pandemia. Com o acordo desfeito, os servidores perderam uma série de benefícios, como adicional de risco, licença-maternidade de 180 dias e auxílio creche.(mais…)