Presidente Bolsonaro começa sua cruzada contra a GloboApesar de ser líder em audiência, com média diária de público maior do que RecordTe SBT juntos, a emissora do Jardim Botânico teve a participação reduzida de 39% para 16%, queda de quase 60% na comparação entre 2018 (sob a gestão de Michel Temer) e 2019 (ano do primeiro mandato de Jair Bolsonaro).A reportagem do portal Terra destaca que “no mesmo período, o investimento de publicidade oficial da Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência) na RecordTV subiu de 31% para 43% do valor aplicado. O SBT viu a verba aumentar de 30% para 41%. Os respectivos donos dessas TVs, Edir Macedo e Silvio Santos, são apoiadores de Bolsonaro. A Globo é, nas palavras do chefe do Executivo, um “inimigo” na mídia.”

Portal 247