Os pais do pequeno Pietro, o comerciante Pedro Raphael e a fisioterapeuta Francimara Emanuela, celebram nas rede sociais o presente que a vida lhes deu.O garoto, que é o filho único do casal, enche os olhos e coração. Completou três anos no domingo (5) e, como toda criança de sua idade, se apropria do mundo tentando aprender a andar.
Mas algo estranho começou a acontecer ao filho de Pedro e Francimara, que viram a alegria de suas vidas se converter em aflição e abrir uma corrida que está valendo a vida de Pietro.
Há quase três meses, o garoto passou a ter problemas para se equilibrar. A isso se sucederam vômitos sem causa aparante.
Os pais procuraram uma neuropediatra que vinha acompanhando o caso, até que há mais de sete dias, Pietro perdeu de vez a capacidade de andar sozinho e sobreveio a notícia aflitiva: seu cérebro hospeda um tumor que precisa ser retirado imediatamente.
Natural de Jardim de Piranhas, no Seridó, o casal abriu uma campanha para arrecadar fundos para o tratamento de Pietro após uma amiga que passou por problema semelhante ter conseguido êxito em São Paulo.
“O filho dela conseguiu tratamento e foi operado pelo neurocirurgião Alexandre Yasuda, de São Paulo. Estamos a caminho da capital paulista e vamos desembarcar direto para a casa dele, que quer operar Pietro até quinta-feira (16).
Foi o neurocirurgião quem estimou os custos do tratamento para Pietro: R$ 250 mil.
“Ele vai precisar passar por cirurgia para saber se o tumor é benigno ou maligno. Se for maligno, vai precisar ter químio ou rádioterapia”, contou ao Blog do Dina o pai do garoto.
Pedro Raphael e a esposa, apesar da dificuldade, estão esperançosos de que o desfecho será positivo. A campanha que tem menos de 24 horas já conseguiu arrecadar quase 50% do valor previsto.
“E vamos prestar contas de tudo. Se houver algo que passe desse valor, vamos doar para o tratamento de outras crianças. Só queremos salvar nosso filho”, garantiu.
VEJA COMO AJUDAR:

Blog do Dina