Foto: Reprodução

Um vídeo de segurança do aeroporto de Kualanamu, na Indonésia, revelou imagens chocantes de Aisiah Sinta Dewi, até então considerada desaparecida, caindo no poço de um dos elevadores do complexo.Nas filmagens a mulher aparece distraída ao telefone, quando percebe que o elevador parou, mas as portas não abriram.

Ela força a estrutura um pouco e consegue uma abertura, seguindo imediatamente em direção à saída. Porém, Aisiah não nota o grande vão entre o elevador e o piso, e acaba despencando em poucos segundos.



Vídeo: Reprodução/MassiVeMaC/@SchengenStory

A mulher, de 38 anos, deveria encontrar sua sobrinha, com quem falava ao telefone, quando sumiu. Segundo o portal Mirror UK, a família de Aisiah e seus familiares estavam buscando pelo aeroporto e nos arredores, acreditando que a mulher pudesse ter sido sequestrada ou algo parecido.

Porém, três dias depois, um cheiro descrito como “podre” vindo do elevador revelou para as autoridades o que realmente tinha acontecido. Os restos mortais da vítima foram recuperados após uma operação de cinco horas.

Ao jornal, o chefe de comunicações corporativas do aeroporto, Dedi Al Subur, disse que o acidente aconteceu por um mau funcionamento do elevador, mas que Aisiah não deveria ter tentado abrir as portas.

Em resposta, o irmão da vítima, Raja Hasibuan, afirma que responsabiliza completamente o estabelecimento. “Este é um aeroporto de nível internacional. Que padrões de segurança são esses?”, questionou.

Raja diz que não acredita que a culpa tenha sido de sua irmã, mas sim da segurança precária do aeroporto e da falta de protocolos e comunicação acerca do problema. Ele também afirmou que o suporte da equipe do local foi “insatisfatório”.

A polícia de Deli Serdang está aguardando os resultados do exame post mortem da vítima para começar as investigações. Ainda de acordo com o Mirror UK, o escritório do Provedor de Justiça da Sumatra pode indiciar o aeroporto por “negligência” e “falta de suporte”.

R7