Foto: Arquivo da Família.

Um comerciante de 40 anos foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (3), dentro da própria casa onde também funcionava um bar no município de Luís Gomes, na região do alto oeste potiguar. A Polícia Civil informou que a vítima não tinha antecedentes criminais e instaurou um inquérito para apurar o caso.

O comerciante, identificado como José Wagner Ferreira de Almeida, de 40 anos, estava em casa quando dois homens chegaram ao local em uma moto.

Imagens de câmeras de segurança instaladas na casa mostram o momento em os suspeitos chegam sem capacete.

De acordo com informações do delegado que está à frente das investigações, Hércules Freitas, os criminosos teriam perguntado o nome da vítima, pedido uma cerveja e no momento em que a vítima foi pegar a bebida, um deles atirou várias vezes. A arma utilizada no crime foi um revólver calibre 38. A vítima morreu no local.

Logo após cometerem o crime, os suspeitos fugiram. A ação aconteceu por volta das 15h40 no bairro Sol Nascente, zona urbana do município. De acordo com a Polícia Civil, a esposa e o filho da vítima estavam em casa, em um outro cômodo, e ouviram os disparos.

As imagens das câmeras já estão sendo analisadas pela Polícia Civil. O delegado Hércules Freitas informou que ainda não se sabe o que pode ter motivado o crime.

“Inicialmente estamos trabalhando com a hipótese de que as pessoas que fizeram isso são de fora da cidade. Isso porque Luís Gomes é uma cidade pequena e o fato deles terem entrado de cara limpa, perguntado o nome dele, demonstra que são pessoas de fora”.

O delegado disse ainda que os executores possivelmente não sabiam que na casa havia câmeras de segurança. Os familiares ainda afirmaram à polícia que a vítima não relatava ameaças e nem desavenças recentes. A Polícia Civil instaurou inquérito e vai apurar o caso.

A Polícia Civil pede que quem tiver informações sobre os suspeitos, entre em contato de forma anônima através do número 181.

Por G1 RN.