Ciro Gomes afirmou que não deve mais se candidatar à Presidência da República. Durante palestra na Universidade de Lisboa, o pedetista comentou sobre o resultado das eleições no ano passado.“Eu não represento mais uma corrente de opinião. Eu me sentia representando uma corrente de opinião, eu não me sinto mais (…) alguma coisa está errada comigo, não é com o povo”, disse.

“Eu vou morrer militando, vou achar outro caminho, mas candidato, nesse momento, eu não gostaria mais de ser, não”, acrescentou.

Durante a palestra, como mostramos, Ciro afirmou na sexta-feira (12) que Lula é “responsável pelo reacionarismo no Brasil” e que o petista “ganha” com a polarização no país.

Disse ainda que o petista não foi inocentado pela Justiça:

“Caramba, o Lula foi parar na cadeia. Será possível que não aprendemos nada? Ou nós acreditamos que Lula foi inocentado? Ele não foi. O Lula teve direito à presunção de inocência restaurada. É diferente de ser inocentado em um julgamento.”

O Antagonista