Foto: Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV

As tarifas dos ônibus intermunicipais e metropolitanos tiveram um reajuste de 8,74% no Rio Grande do Norte. O aumento foi publicado pelo Departamento de Estradas e Rodagens do RN (DER-RN) no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (15).Os preços das passagens foram fixados e vão custar, a depender da distância e das localidades, os seguintes valores: R$ 4,60, R$ 4,85, R$ 5,90, R$ 6,45, R$ 7,10 e R$ 8,10.

De acordo com o DER, o novo valor passa a valer a partir deste domingo (16). Uma alteração não acontece há mais de quatro anos – a última foi em dezembro de 2018.

Os preços das passagens do transporte público em Natal não são alterados com essa mudança.

De acordo com o DER, um estudo realizado pela Fundação de Amparo e Promoção da Ciência, Tecnologia e Inovação do RN (FAPERN) apontou que há uma defasagem de 50,42% no valor das tarifas dos transportes intermunicipais.

Para chegar a esse resultado, foi considerado o custo de operação das empresas, que contou com aumento, desde 2018, no preço do combustível (97,92%), pessoal (27,04%), valor dos veículos (50,01%), além da inflação acumulada no período (27,12%).

Segundo o DER, foi avaliado que o reajuste seria necessário para evitar um colapso do sistema de transporte intermunicipal e metropolitano.

O Governo do RN vai absorver cerca 15,74% com a concessão de subsídios – isentando o ICMS para a compra de novos veículos para frotas intermunicipal e metropolitana, além de manter a desoneração do ICMS no Diesel.

Uma das condições impostas pelo Estado foi a aquisição de novos veículos pelas empresas. Trampolim e Litorânea estão com 20 ônibus novos em circulação e mais 25 chegarão até julho, e a Guanabara já encomendou 20 carros novos, que também estarão nas ruas até julho.

G1/RN