A indicação na marra de Getúlio Batista para o DNIT pelo Vice-Governador, Walter Alves, abriu a primeira crise entre ele e o PT de Fátima Bezerra. O inconformismo é geral entre a ala mais xiita que não aceita um nome que chamou Lula de ladrão na eleição passada, combatia o PT, atacava as lideranças do partido e é aliado de Roberto Jefferson.

O que ninguém entende é a insistência de Walter Alves num nome insignificante para a política estadual como Getúlio Batista. Nunca foi eleito nem para Presidente de Conselho Comunitário.

Ah! Tá bom. Tem parentesco com a família ALVES. Por afetividade.

RP