Foto: reprodução

Durou apenas algumas horas a prisão do americano que foi preso em uma sorveteria na praia de Pipa após ser flagrado por câmeras de segurança, mostrando a genitália para uma garçonete. As imagens, que viralizaram nas redes sociais, foram suficientes para a prisão, mas não por manter o homem de 55 anos atrás das grades.

VEJA MAIS: VÍDEO: Turista é preso após mostrar genitália para garçonete de sorveteria em Pipa

Segundo a Polícia Civil, identificado como Mark Alan Roberts, o americano foi preso em flagrante pela suspeita da prática do crime de importunação sexual. O crime foi registrado por volta das 16h10 de quarta-feira (13) e continuou preso após a audiência de custódia.

No desenrolar da semana, no entanto, o americano constituiu advogado e, por meio dele, conseguiu o relaxamento da prisão com a Justiça de Goianinha.

PRISÃO

Segundo os militares que efetuaram a prisão, o relato mostra que o autor do crime teria feito a ação duas vezes, sendo que em apenas um dos momentos foi percebida pela vítima.

Após a constatação do crime, ele foi detido por populares (funcionários da sorveteria) e ficou lá até a PM chegar.

96 FM Natal