Foto: Reprodução

O cantor Belo e a mulher Gracyanne Barbosa receberam uma ordem de despejo de um imóvel alugado por eles em São Paulo, após acumularem meses de atraso no pagamento dos aluguéis. O casal teve o contrato com o proprietário rescindido e deve pagar aluguéis, IPTU e contas de consumo que estão em atraso. O montante chega a R$ 221.159,86.

Os artistas devem arcar também com a multa contratual de R$ 3.239,85 (a multa foi estipulada em R$ 46.139,85, mas a Justiça descontou o caução anteriormente pago pelo casal no valor de R$ 42.900). Por fim, Belo e Gracyanne ainda devem pagar uma indenização por danos materiais no valor de R$ 38.667,09 ao proprietário, que acusou o casal de ter depredado o imóvel.

No total, a dívida ultrapassa R$ 260 mil. O contrato foi firmado entre o proprietário e a Central de Shows e Eventos Ltda, empresa do ex-empresário de Belo, em 2017. O processo seguia na justiça desde maio de 2019 e, em novembro do mesmo ano, Belo e Gracyanne foram incluídos no polo passivo da ação.

Atualmente, eles moram em uma mansão no Rio de Janeiro.

A assessoria de Belo informou que os valores estão sendo discutidos e que o casal não assinou nenhum contrato de locação do referido imóvel. A assessoria disse ainda que o ex-empresário entregou o imóvel “como cortesia a Belo”. “Na época dos fatos, como uma contrapartida da relação de agenciamento dos dois. Mas cabia ao titular do contrato se responsabilizar pelas despesas, não a Belo. Essa divisão de responsabilidades era, inclusive, parte do acordo profissional existente entre os dois”, diz a nota.

Segundo a equipe, Belo e o empresário não tem mais qualquer relacionamento profissional desde 2018.

“As responsabilidades financeiras e jurídicas relacionadas ao termo são de responsabilidade da Central de Shows e Eventos Ltda., não do casal. O próprio Judiciário se pronunciou neste sentido ao negar a exclusão da empresa do processo”.

UOL/Splash