Foto: Instagram

O ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, pré-candidato a senador pelo PDT e aliado da governadora Fátima Bezerra, do PT, ocupou suas redes sociais numa peça bizarra para criticar a Reforma da Previdência. Literalmente, atirou no que viu e acertou o que não viu.Alves disse em seu perfil de candidato no Instagram que a reforma da Previdência empobreceu os trabalhadores, reduziu o poder aquisitivo das famílias e estendeu o período de trabalho para homens e mulheres.

Esqueceu de dizer que o governo de sua aliada Fátima Bezerra – de quem foi adversário nas eleições de 2018 e crítico ferrenho até o fim do ano passado – fez pior ao adequar a reforma no Rio Grande do Norte.

Ao contrário do que acontece em nível federal, os servidores públicos estaduais, mesmo depois de aposentados, são obrigados a continuar contribuindo para a Previdência Social.

Seria bom, antes de responder a perguntas de supostos e possíveis eleitores, Carlos Eduardo Alves perguntar a Fátima primeiro.

Isso é o que se pode chamar de “fogo amigo”.

BG