O ministério público deve está atento os altos pagamentos feitos pela prefeitura de Porto do Mangue nos últimos meses, desde que assumiu o prefeito interino Faustino.Um gasto que causa estranheza, é para a gráfica BDX que voltam a acontecer em Porto do Mangue. No ano de 2021 foi noticiado o auto gasto com esse serviço que chegou a quase 300 mil em poucos meses e agora em 2022, nos 4 primeiros meses do ano chegou a 217 mil, uma média de 54 mil mês só em 2022.

O ministério público precisa ficar de olho nesses gastos da gestão interina de Faustino que em menos de 1 ano vai jogando dinheiro do povo pelo ralo com gastos sem explicações.

NOTA: deixamos o espaço aberto para esclarecimento.

Fonte: Blog Focoelho