Foto: Sérgio Lima

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Edson Fachin, disse nesta 5ª feira (12.mai.2022) que as eleições “dizem respeito à população civil”, e que quem trata do tema “são forças desarmadas”.O magistrado deu as declarações durante visita à sala da Corte onde é realizado o teste de segurança das urnas eletrônicas. “Diálogo sim, colaboração sim, mas na Justiça Eleitoral, quem dá palavra final é a Justiça Eleitoral”, afirmou.

“A Justiça Eleitoral está aberta a ouvir, mas jamais estará aberta a se dobrar a quem quer que seja tomar as rédeas do processo eleitoral”, declarou Fachin. Ele também disse haver “muito barulho no canteiro de obras da política”, mas que o TSE “opera com racionalidade técnica”.

O magistrado disse que o Brasil terá eleições “limpas, seguras, com paz e segurança”, e que “ninguém interferirá na Justiça Eleitoral”.

Poder360