Foto: Max Mumby/Getty Images


Seis guardas da família real britânica foram presos por tráfico de cocaína, segundo o jornal The Sun. O escândalo veio a público dias antes do Jubileu de Platina da rainha, festa em comemoração aos 70 anos de Elizabeth II no poder. As prisões ocorreram na quarta-feira (25).Os membros da Guarda Irlandesa também foram detidos sob a suspeita de administrar uma operação de agiotagem.

O Ministério da Defesa do Reino Unido disse: “Como parte de uma operação planejada, a Polícia Militar Real prendeu seis soldados da Guarda Irlandesa e um veterano da Coldstream Guardsman por suspeita de conspiração para fornecer drogas e empréstimos de dinheiro. Como isso agora é objeto de uma investigação independente da Polícia Militar Real, é inapropriado comentar mais”.

Ainda de acordo com o The Sun, ao menos um dos guardas teve contato direto com a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, em um desfile em celebração ao Dia de São Patrício. À época, ele a descreveu como “absolutamente deslumbrante”.

Cinco dos suspeitos foram libertados após o pagamento de fiança. Acredita-se que a operação de captura dos funcionários estava programada há meses.

O Trooping the Colour — cerimônia realizada por militares da realeza (incluindo os da Guarda Irlandesa) desde o século XVII que, este ano, dará início ao Jubileu — está programado para a próxima quinta-feira (2/6). Mais de 1.450 soldados, 200 cavalos e 400 músicos são esperados para a festa.