O remédio mais polêmico no auge da pandemia de Coronavirus não foi esquecido por completo.

Segundo o colunista Lauro Jardim, o departamento médico da Câmara dos Deputados registrou um aumento no número de casos de Covid-19 desde a semana passada.Dezenas de servidores têm procurado o sistema de saúde para consulta e também a realização do teste para identificar a doença.

O médico cardiologista Sebastião Gomes Pedrosa, que fazia o atendimento nesta quarta-feira, indicou o uso de ivermectina a pelo menos dois servidores ouvidos pela coluna.

Eles, no entanto, recusaram a recomendação de tomar o vermífugo que combate vermes e, portanto, não foi registrada a indicação na receita.

Para quem se consulta, servidores do Demed informam ter registrado mais de cem casos de Covid essa semana.

Procurada, a assessoria de imprensa Câmara demandou que fosse feito um pedido pela Lei de Acesso à Informação. Já o cardiologista, também procurado, não retornou às ligações. (RP)