Não existe nenhuma justificativa para a Rede Municipal de Ensino de Natal (RN) permanecer com suas atividades paralisadas mesmo diante de uma decisão judicial que determinou a volta das atividades. Até porque que o Governo da Capital cumpriu com os professores com um reajuste mais qualificado do que o do Governo do Estado.

A quem interessa essa paralisação? É de interesse meramente politiqueiro por ser uma ano de eleição? É somente uma pergunta.

A direção do SINTE (RN) promove atos de manifestação contra a Prefeitura do Natal (RN) e fica mantida ainda a greve já considerada ilegal pelo Judiciário, que determinou o retorno dos professores da Rede Municipal de Natal (RN) às salas de aula.

Fonte: RP