Foto: Ricardo-Stuckert/Divulgação

Na entrevista que concedeu na manhã desta terça-feira (01) à Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, Lula foi questionado sobre a intenção de, se eleito, regular a mídia. Na resposta, o petista reforçou que acha necessária uma regulamentação da mídia, “atualizá-la aos tempos atuais”. Mas delegou a tarefa ao Legislativo.

“E não é o presidente da República que faz, é o Congresso Nacional e a sociedade brasileira”, declarou o ex-presidente.

Segundo Lula, é preciso regularizar a internet, que é “uma coisa extraordinária para a sociedade, para a humanidade, mas não pode ser um antro de mentiras, como nós temos visto pelas mãos do próprio presidente da República”. “Então nós vamos precisar discutir isso com muita tranquilidade”, complementou.

O petista defendeu ainda que a sociedade brasileira e o Congresso têm que participar para saber “se a gente atualiza a regulação da mídia brasileira, copiando modelos como Inglaterra, Alemanha, França, Estados Unidos e tantos outros países que já avançaram mais do que nós”.

“O que a gente não pode continuar é com uma regulação da mídia eletrônica de 1962. É preciso avançar”, concluiu Lula.

Veja – Radar
Blogue Claudio Oliveira: Vamos ter cuidado, isso pode ser um início de uma Censura!