Fotos: Reprodução

Na reunião desta segunda-feira (31) com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE-RN), o governo ofereceu apenas 12,5% de reajuste no piso do Fundeb, apesar de ser obrigado a pagar 33,24% como anunciado pelo MEC.O governo ainda argumentou que não tem condições de pagar o índice nacional porque têm que repassar o mesmo aumento aos aposentados e com isso o governo seria obrigado a atrasar os salários.

Lembrando que a negociação só deve acontecer caso o governo queira aumentar a porcentagem indicada pelo governo federal. Negociação para diminuir não existe. A Lei do Piso tem de ser cumprida. O governo só tem a opção de concordar ou ampliar a porcentagem. Abaixo disso não é legal.

O governo ainda ameaça atrasar os salários dos servidores caso a Lei seja cumprida. Apesar de ter arrecadado e recebido R$ 2,2 bilhões a mais que esperava em 2021, o governo diz não ter como dar o aumento.

Ainda de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado do RN (SINSP/RN), dinheiro tem, até porque ativos são pagos com recursos do FUNDEB, mas falta vontade política do governo.

Do Sinsp/RN